Conteúdos

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

UMA DOÇURA IMPLACÁVEL


"Quem é este Ser? Quem é a Mãe?

A medida que nós nos percebemos integrados a vibração de Miz Tli Tlan, tu começas a ser visitado por uma Doçura cósmica hiper-lúcida, provavelmente já não é uma ordem impreterível sobre tua consciência, mas é uma Ondulação de infinita doçura sobre os teus veículos. Tu começas a perceber que o teu corpo astral tem sede de um outro nível de sentimentos, tu começas a perceber que os sentimentos conhecidos não são todos os sentimentos possíveis.

A Mãe diz:

Toda a energia é uma só, todas as experiências de sensibilidade de sentimentos são diferenciações da única grande experiência de Sensibilidade e de Sentimento. No corpo emocional a Mãe vai fazer descer uma Doçura implacável, um Carinho terrível, uma Pureza erótica, uma Transubstanciação.

O que é um Carinho e uma Doçura implacável?

É a força da Mãe repensando as substâncias dos teus veículos, e essa ondulação estabelece um princípio de paz, quietude e transparência para com o princípio Filho que já está estabelecido em ti.

Quando se fala de uma Pureza erótica, significa que toda a potência que antes era utilizada no fogo vermelho é organizada pelo poder da Mãe, então tem que ser a Mãe que vem e diz assim:
Agora este fogo vermelho vai passar a azul. E tu não sentes quebra nenhuma no circuito da Energia, Ela Transubstanciou, Ela Modulou os Fogos."

André LOURO DE ALMEIDA, Portugal, 1999

IN http://www.iridia-lumina.org/mae-forca-circuito.html
Retirado do blogue Mulheres & Deusas

Sem comentários:

Enviar um comentário